1º Estatuto da ABAP e a constituição da entidade


Em 1º de agosto de 1949 foi fundada a ABAP - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE AGÊNCIAS DE PROPAGANDA, que mais tarde teve sua razão social alterada para “ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE". A criação da ABAP foi estabelecida pelo "Convênio entre agências de Propaganda para Fixação das Normas-Padrão de seu Funcionamento no Brasil", formado meses antes. Ficou assim constituída a associação, “com jurisdição nacional, com a função de executora e intérprete do convênio”. 

O 1º Estatuto da ABAP levou a assinatura dos representantes das agências fundadoras da entidade: 

McCann-Erickson

Standard 

Grant

Inter-Americana

Xavier

J.W. Thompson

Erwin Wasey

Record Propaganda

Poyares

Época

Voga Publicidade

Lincoln  

Panan 

O nascimento da ABAP, porém, contou com outro fato concomitante ao Convênio. O primeiro presidente, Aldo Xavier da Silva, contou na época em entrevista à Revista PN: “A ABAP nasceu da necessidade das agências se defenderem da absurda taxação que a Prefeitura do Distrito Federal lhes impôs, tributando-as com o Imposto de Vendas Mercantis. A quelque chose malheur est bon... Não fora o termos sido feridos coletivamente num ataque inédito à nossa economia, talvez a esta hora não tivéssemos dado aquele passo que agora consideramos fundamental para o progresso e desenvolvimento das nossas atividades”.