Balanço Conar: Conselho de Ética analisa seis cases


A 7ª Câmara do Conselho de Ética do Conar reuniu-se em 20 de abril e analisou 6 representações, entre elas, cases da Ambev, Unilever e P&G. 

Confira os resultados:

Representação Nº 180/20, em recurso ordinário, "Ambev - Desculpa, vizinhança. O futebol voltou". Resultado: arquivamento por unanimidade.

Representação Nº 230/20, "Unilever e Maraisa - Sabe aquela sua roupa favorita? Pode usar sem medo com Omo Proteção Micelar!?". Resultado: arquivamento por maioria de votos.

Representação Nº 270/20, "CDB - Centro de Diagnósticos Brasil - Resultados em até 7h - Exame PCR para identificação do Covid-19". Resultado: advertência por unanimidade.

Representação Nº 002/21, "Cachaçaria Matuta - Matuteiro raiz". Resultado: alteração agravada por advertência ao anunciante, por unanimidade.

Representação Nº 041, "Ambev e Gusttavo Lima - Sábado agora tem live do embaixador". Resultado: alteração agravada por advertência a Gusttavo Lima, por unanimidade, e advertência à Ambev, por maioria de votos.

Representação Nº 046/21, "P&G - Confia, que não vaza". Resultado: sustação por unanimidade.

Participaram da reunião os conselheiros Ana Moisés, Andrea Hirata, Boris Gris, Camila Felix, Caroline Cortopassi, Eduardo Martins, Eduardo Simon, Fabiana Soriano, Jorge Tarquini, Juliana Nascimento, Licínio Motta, Luiz Celso de Piratininga Jr., Luiz Roberto Valente Filho, presidente da 7ª Câmara do Conselho de Ética, Marcelo Migliori, Oscar Mattos, Paulo Samia, Sabrina Balhes, Valéria Sombra e Vitor Morais de Andrade.